CARACTERIZAÇÃO:
Nesta fase de transição digital, é imperativo formar os jovens para a sua inclusão na sociedade digital. O ano 2020/2021 tem criado situações adversas em várias áreas que terão repercussões nos próximos anos. Uma delas é sem dúvida a desinformação, associada à capacidade de procura e organização de informação fiável. Os jovens debatem-se com esta dificuldade face à quantidade e diversidade da informação que circula nos meios de comunicação social. Sabemos que os jovens obtêm cada vez mais informação das redes sociais e outras fontes de informação não mediatizada e são muito permeáveis a notícias falsas e a todo o tipo de manipulação. É muito importante que as escolas encorajem os jovens a pensar na informação, que é uma das bases essenciais da democracia, tornando clara a diferença entre informação mediada e não mediada. Com este projeto, pretendemos criar um espaço para partilhar e debater ideias sobre a literacia para os media com atividades que promovam capacidades cognitivas e comunicacionais com uma utilização responsável dos meios digitais.
São parceiros deste projeto: Portugal, França, Itália, Roménia, Turquia, Lituânia, Espanha, Polónia e Ucrânia. O projeto é coordenado pela nossa Escola e uma Escola da Turquia.

OBJETIVOS:
– Orientar os jovens no -acesso eficiente à informação a partir de uma variedade de fontes de informação, na avaliação crítica dessa informação, e na utilização da informação de forma precisa e criativa;
– Proporcionar a utilização de ferramentas digitais em articulação com as situações de aprendizagem;
– Sensibilizar para uma utilização responsável da Internet;
– Desenvolver a colaboração na produção de conteúdos digitais com informação fiável.

EQUIPA DE PROJETO: Fátima Veríssimo (Coord.). América Silva, Jacinto Bettencourt, Manuela Pereira. Alunos de 11º D e F.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *